26 de jun de 2009

On Fire


Tenho febre. Não é somente minha pele que arde. Sinto minha mente em fogo e tenho dificuldade em fazer meus pensamentos entrarem na ordem certa. Meu rosto cora, meus lábios queimam, meus olhos ardem, meu cérebro encena mil historias inacabadas. As possibilidades são tantas agora... De todos meus delírios há um que me encanta e caminho para ele de braços abertos. Nele sou completa. Finalmente. Porque temer a fraqueza quando ela me trás tanta satisfação? A cama reclama de meu corpo que se contorce sem descanso a procura daquele lugar mágico onde a insanidade é pura e perfeita. Sinto cada nervo deste corpo cansado em estado de alerta, como se esperassem que eu fosse saltar do meu leito e ganhar o céu gelado em asas angelicais. Sou somente pensamento agora. Nada me atinge. Nada me doma. A liberdade é tão completa que todas palavras são minhas e nunca as amei tanto.
Tenho febre. Meu corpo dói, mas minha alma está livre.
.

Nenhum comentário: