29 de jun de 2009

These are a few of my favorite things.


Gosto de flores que não pareçam cultivadas, daquelas que se misturam em um buquê de mil cores e podem ser entregues com uma simples fita a amarrar seus caules. Sinto-me no campo e se fechar meus olhos posso ouvir o canto dos pássaros e o ruído do riacho por trás da fazenda. Quase posso sentir os raios do sol a me beijar a pele e a brisa que carrega da montanha um toque de gelo.
Gosto de pilhas de livros de todos tamanhos que chegam em caixas direto de outros paises para meu prazer. Gosto de pega-los um a um e olhar suas capas coloridas, passar meu dedo pelos títulos em relevo e ler e reler as contracapas em busca de seus segredos. O próximo passo é olhar minha estante tão eclética, que dá abrigo à meus amados livros, e arrumar espaço para os novos amigos na estante dos não lido. Às vezes tento conta-los, mas paro quando penso que podem ser menos do que gostaria de ter.
Gosto de cobertores macios que posso enrolar em volta de meu corpo enquanto escrevo. Se possível de cores vibrantes que espantem o frio e agradem aos olhos. Estar aconchegada me faz pensar em braços ao meu redor e cantigas sussurradas para eu dormir.
Gosto de caixas de todos tipos e tamanhos. Lembram-me segredos que todos temos, mas nunca sabemos como guardar. Eu as tenho por todo lado, grandes caixas coloridas repletas de fotografias, pequenas caixas delicadas repletas de brincos, caixas de sapato cobertas de tecido estufadas de cartas de um passado sempre pronto a ser revivido. Tenho caixas que escondem caixas em seu interior e outras que nunca nem mesmo foram abertas. As tenho porque adoro a ordem que elas evocam e a simplicidade de sua beleza.
Gosto de silêncio na madrugada, daquela hora em que parece que o mundo todo dorme. A tela do laptop ilumina o quarto e faz parecer que a qualquer minuto posso ser sugada para meus devaneios insanos. Uma ave pia perdida, um carro passa sem destino, o vigia apita avisando que estamos em segurança e eu martelo o teclado correndo atrás de meus pensamentos.
Flores, livros, caixas e silencio, These are a few of my favorite things.
.

Um comentário:

maria guimarães sampaio disse...

"O próximo passo é olhar minha estante tão eclética, que dá abrigo à meus amados livros, e arrumar espaço para os novos amigos na estante dos não lidos". Adorê a idéia da estante dos não lidos - os meus não lidos vão se espalhando pela casa, principalmente no quarto (aos montes)
---
"Às vezes tento conta-los, mas paro quando penso que podem ser menos do que gostaria de ter." Desde os tempos dos cadernos os tenho anotados e numerados - com o compu, além de números, anotações.