6 de fev de 2007

Anônimos

Seus ternos eram bem cortados, de marcas famosas, estilosos, precisos. As camisas clássicas e pontuadas por gravadas que custavam mais que guarda-roupas completos. Sapatos pretos, impessoais e silenciosos. Eles, mesmo assim, não eram notados. Estavam dentro dos padrões, eram executivos bem sucedidos e anônimos em seu sucesso. Eram recebidos com sorrisos por recepcionistas e secretarias que, instintivamente, arrumavam o cabelo e aumentavam o decote ao mesmo tempo. Seus rostos, bronzeados eram emoldurados por cortes quase militares e óculos negros cobriam seus olhos escondendo segredos, transformando faces em mascaras. Eram somente mais alguns na massa que cobre as avenidas todos os dias. Bonecos corporativos plastificados com uma linguagem cifrada para cada especialização. Anônimos. Durante os dias mantinham empregos glamurosos onde salários eram obscenos demais para ser mencionados. Saiam às ruas no final do expediente e se reuniam em cafés onde trocavam sinais por trás das lentes negras de seus óculos. Logo ganhavam a rua, se misturavam à multidão ocupada em chegar à próxima parada do dia, entravam despercebidos em grandes joalherias onde outros, tão anônimos quanto eles, procuravam um suborno adequado à amante da temporada e onde amantes da temporada procuravam a próxima sugestão para depois do sexo. Eles eram cinco, mas carregavam 2 armas cada e em 3 minutos saiam com os bolsos carregados de jóias e adrenalina. Nunca corriam. Que descrição dariam suas vitimas se eram como copias escarradas de mil outros que andavam pelas ruas? Completamente anônimos. Corporativamente anônimos.

2 comentários:

TOM disse...

MEEEEDO!!! Somos todos anônimos. Nós, vítimas anônima. Nós, opressores anônimos. Sinto-me assim quando, no metrô em horário de pico, fico no meio da multidão que se empurra e reclama dos empurrões. Melhor mesmo é chegar em casa, sentar na minha cama, ler um livro ou escrever algo, aí me sinto vivo e único. Beijão, Andréa.

zero disse...

montei uma galeria mais arrumadinha só pros blogs amigos, e gostaria que vc criasse um texto falando um pouco do seu blog, pra colocar lá, aliás, quando puder, veja lá, está no início da página, com o nome "Parceiros"